Dicas de Decoração

Design de interiores para lojas: dicas importantes para decorar!

posted by Adriele Amaral 1 Comment
design de interiores para lojas

Veja dicas importantes de design de interiores para lojas e melhore a sua decoração nesse espaço, aumentando as suas vendas!

Os princípios de decoração também podem ser aplicados em outros setores e não apenas em casas e apartamentos. O design de interiores para lojas, por exemplo, é extremamente importante, pois ajuda a criar um ambiente propício para as vendas, além de melhorar a exposição de determinados produtos.

Se você está pensando em abrir um negócio, ou já tem um, veja essas dicas importantes que separamos de design de interiores para lojas e melhore o conforto dos seus clientes e a exposição dos seus produtos – vendendo mais.

Pontos fundamentais do design de interiores para lojas

design de interiores para lojas 3

  • Pense no segmento do seu negócio

Definir a área de atuação da sua loja é o ponto primordial para começar a pesquisar e a pensar em alguma decoração específica, afinal cada tipo de mercadoria exige por uma decoração diferenciada.

Lojas de roupas, calçados e acessórios, por exemplo, precisam ter uma preocupação extra com a vitrine, deixando-a sempre atualizada e com produtos chamativos – que fazem com que o cliente queira entrar no estabelecimento. Para outros setores, nem sempre a vitrine é indispensável.

  • Faça a divisão do espaço

Antes de sair por aí comprando a mobília e pintando as paredes, analise friamente o espaço disponível e faça as divisões necessárias: separando o setor onde ficará o caixa, o espaço para atender os clientes, o local disponível para o estoque e assim por diante.

Isso ajuda a ter uma ideia do espaço que você tem disponível e de que tipo de mobiliário poderá dispor. Se a sua loja é pequena, por exemplo, vale a pena investir em um balcão menor para o caixa, deixando mais espaço para a exposição dos produtos.

Mas, se você irá trabalhar com poucos produtos, então precisa pensar na disposição correta das prateleiras e afins para evitar parecer que a sua loja está “pelada”.

E, claro, esse é o momento de tirar todas as medidas e se certificar de que os móveis escolhidos irão caber no local – sem prejudicar a circulação e o fluxo de clientes.

Outra dica importante é planejar o caminho que o cliente deverá percorrer dentro da sua loja. Esse momento é muito importante, pois assim você poderá pensar onde colocar os produtos de maior atenção e também aqueles outros que o cliente não planejava levar, mas acaba “encontrando” pelo caminho (como os itens que ficam propositalmente no caixa do supermercado, por exemplo).

  • Escolha a mobília

design de interiores para lojas 2

Esse item irá depender muito do seu tipo de negócio e também de público. Se você irá trabalhar com um público de poder aquisitivo maior, então deverá investir em um mobiliário mais requintado e de melhor qualidade, para que a sua loja fique à altura das exigências dos seus consumidores.

De maneira geral, é muito importante que você escolha um mobiliário capaz de transformar a sua loja em um espaço aconchegante e que ajude a transmitir a essência da sua marca. Por exemplo, se você tem um negócio que trabalha com produtos modernos e voltados para um público mais jovem, é fundamental que o seu mobiliário e a sua decoração sigam essa linha, com uma pegada mais moderna e futurista, misturando materiais inusitados e investindo em móveis únicos.

Já se você irá vender para pessoas mais tradicionais, então os seus móveis podem ser mais clássicos e requintados, trazendo um pouco mais de glamour e sobriedade.

Independente do estilo escolhido, lembre-se sempre de medir adequadamente, afinal nada pior do que uma loja “entulhada” de móveis e sem espaço para os clientes circularem, provarem os produtos ou conseguirem ver o que a sua loja tem de novidade.

  • Cores da loja

No design de interiores para lojas, a escolha das cores é um momento fundamental. Além de elas serem responsáveis pela identidade da sua marca, ainda precisam transformar o ambiente e motivar os seus clientes.

Por isso, vale a pena investir em uma pequena análise de cromoterapia e feng shui para o seu negócio. Ambientes que trabalhem com a criatividade, por exemplo, podem ficar ótimos com tons de amarelo ou de laranja, já locais em que se quer motivar o apetite, o vermelho pode ajudar bastante.

Mas, se você trabalha com produtos voltados ao relaxamento, uma boa ideia pode ser os tons de roxo e lavanda. Para os negócios no ramo de saúde, os tons mais claros de verde são ideias, já que ajudam a plena recuperação.

É lógico que essas tonalidades devem ter alguma relação com a sua marca. Não adianta nada investir em tons de azul para o seu negócio, por exemplo, porque ele ajuda a relaxar, se toda a identidade da sua marca está em laranja.

O ideal é que haja uma sintonia entre essas escolhas e, quando a pessoa entrar na loja, ela possa identificar o seu negócio e, ao mesmo tempo, sentir-se acolhida e motivada para o consumo.

Design de interiores para lojas: como expor o produto

design de interiores para lojas 8

A parte mais importante do design de interiores para lojas é realmente a parte de expor o produto, afinal ele é o carro chefe do seu estabelecimento e quem deve ter todo o destaque.

Além disso, é indispensável que você saiba mostrar – de maneira certa- todos os produtos que você tem, a sua variedade, e ainda permitir que os clientes tenham autonomia para manusear os produtos e escolhe-los por si só (porque, em muitos casos, pode ser desmotivador ter que ficar pedindo para o atendente lhe mostrar todos os produtos, fazendo com que o cliente desista da compra).

No geral, o tipo de expositor e as formas de organização irão depender muito do produto que você vende e do espaço disponível. Sendo algumas dicas gerais:

  • Colocar produtos “encalhados” nas áreas com maior fluxo de clientes ajuda a aumentar a saída desses;
  • Chamar a atenção para os produtos em promoção;
  • Deixe os melhores produtos no nível do olhar;
  • Os artigos infantis devem estar no nível dos olhos das crianças, com uma média de altura de 1,15m a partir do chão;

design de interiores para lojas 12

  • Se você for usar prateleiras, deixe as mais estreitas na parte superior (e use-as com objetos mais leves) e as mais largas para a parte inferior (com os objetos de peso maior). Isso faz com que a sua exposição seja, além de visualmente agradável, também segura para você e para os seus clientes;
  • Agrupe produtos semelhantes: de acordo com o gênero, com as cores ou com as funções. Assim, você facilita na hora de o cliente encontrar o que procura;
  • Tanto as prateleiras como as estantes uniformes devem estar dispostas em uma parede inteira, assim você garante um visual organizado e agradável, dando mais destaque aos produtos;
  • Use alguns “modelos” ao longo da loja, ajudando o cliente a visualizar como determinado produto pode ser usado, como objetos de decoração, peças de roupas e outros. Isso é importante porque deixa as pessoas atraídas pelo visual e acabam consumindo a ideia toda;
  • Os objetos de valor maior ou que não devem ser tocados devem ser exibidos em um local mais alto (em algumas vezes até em uma caixa de vidro fechada), mas desde que seja possível que os clientes veja-os;

Outras dicas importantes de design de interiores para lojas

Veja outros truques que podem ajudar você a vender mais:

  • Ilumine a sua loja de forma correta, dando destaque aos produtos certos e deixando-os mais interessantes (como a luz correta para os alimentos);
  • Oculte canos e outros tipos de tubos que possam estar expostos na sua loja usando tecidos e transparências. Outra possibilidade é usar fotografias com uma sequência histórica, clippings de livros, capas de revistas e outros artigos capazes de emoldurar a sua parede de uma maneira mais original;
  • Use plantas e flores (naturais ou artificiais) para dar um pouco mais de vitalidade ao seu ambiente – e também são ótimas na hora de camuflar objetos e zonas pouco agradáveis;
  • Carpetes e tapetes podem ser usados em lojas que exigem um pouco mais de conforto e aconchego. Só tome cuidado quanto a limpeza;
  • Fique sempre atento a sua vitrine: exponha os artigos com maior destaque da sua loja e ouse na criatividade na hora de utilizar outros elementos como manequins, adesivos para o vidro, vasos, bicicletas, etc.;

design de interiores para lojas 9

  • Decore a sua loja de acordo com a época festiva do ano;
  • Inove na hora de exibir os objetos menores, como brincos e colares, pendurando-os em molduras diferenciadas, por exemplo;
  • Deixe os produtos em um local onde seus clientes possam tocar, pois isso pode estimular muito mais a compra do que apenas ficar olhando para os produtos;
  • Invista em alguns objetos de decoração que tragam mais personalidade a sua loja e conforto aos seus clientes, como um sofá ou poltrona, uma área de espera, um espaço para as crianças ou outros.

Veja algumas inspirações de design de interiores para lojas a partir das nossas dicas:

design de interiores para lojas 1 design de interiores para lojas 4 design de interiores para lojas 6 design de interiores para lojas 7 design de interiores para lojas 10 design de interiores para lojas 11

Veja mais algumas dicas de moda em  www.griffeatacado.com.br

Agora ficou mais fácil de deixar a sua loja mais aconchegante e convidativa para os clientes? O que achou das nossas dicas de design de interiores para lojas? Deixe-nos um comentário.

você pode gostar

1 Comment

Empresa Qualy Art pinturas 8 de julho de 2018 at 14:04

Perfeito um site muito bem aplicado alem de noa proporcionar os melhores conteúdos em interiores parabéns!!

Reply

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.