Dicas de Decoração

Como escolher as luminárias para a sala de jantar?

posted by Adriele Amaral 2 Comments
luminárias para a sala de jantar

Veja dicas, fotos e informações importantes para você escolher as luminárias para a sala de jantar e melhorar a sua decoração!

A sala de jantar é um ambiente que tem cada vez mais atraído a atenção dos amantes da decoração. Por ser um cômodo de convívio e um espaço adequado para recebermos as visitas, muitas pessoas querem deixa-la ainda mais elegante e aconchegante.

Para conseguir esse resultado é fundamental pensar na iluminação adequada, que pode ser feita com pendentes, spots e muitos outros itens. Se você tem dúvidas sobre a luz mais indicada para a sala de jantar, o posicionamento adequado e outras questões, veja as informações importantes que selecionamos e aprenda a escolher as luminárias para a sala de jantar.

A iluminação adequada para a sala de jantar

luminárias para a sala de jantar 01

O mais indicado é que esse ambiente não tenha uma luz direta, mas sim o que chamamos de “meia luz”, que deverá ser posicionada sobre a mesa principal. Você poderá ter mais de uma luminária, caso a sua mesa seja bem grande.

As luminárias posicionadas sobre a mesa de jantar garantem uma iluminação adequada do que está sendo servido e também das pessoas com quem se está socializando. Em alguns casos, pode ser necessário que você pense em lâmpadas extras – além do espaço da mesa de jantar-, principalmente se a sua sala for bem ampla.

Um dica muito importante é em relação à escolha das lâmpadas para a sala de jantar, sendo fundamentais que você considere o IRC (índice de reprodução de calor) e a temperatura da cor da lâmpada (K). O IRC é responsável pela capacidade de reprodução fiel das cores. Assim, para que a coloração dos alimentos servidos não sofra distorções, escolha uma lâmpada com IRC igual a 100. E, para deixar o ambiente mais aconchegante, o ideal é o uso de uma lâmpada mais amarelada (com 2700K a 3000K).

Itens importantes para escolher as luminárias para a sala de jantar

luminárias para a sala de jantar 03

Na hora de escolher as luminárias para a sala de jantar, além do IRC e do K, existem outros itens que você deve considerar e que, certamente, farão toda a diferença no seu resultado final, como:

  • Conforto térmico: lembre-se que as lâmpadas emitem calor e por isso é necessário considerar o tipo de lâmpada que você terá de usar nesse ambiente. Dependendo do modelo é possível deixar o local mais quente do que o ideal – e promover desconforto em quem estiver se alimentando. As lâmpadas que mais emitem calor são as incandescentes, por isso considere esse item antes de escolher pelo modelo ideal.
  • Cor do ambiente: dependendo da cor das paredes e do teto, a intensidade da luz pode ser reduzida ou intensificada. Ambientes com cores escuras, tendem a absorver mais a luz e com isso necessitam de lâmpadas com potências maiores. Já os espaços pintados com cores mais claras tendem a refletir a luz – e por isso necessitam de lâmpadas menos potentes.
  • Material do tampo da mesa: dependendo do que o tampo da sua mesa é feito, pode ser que a luz da lâmpada seja refletida e cause desconforto visual, com reflexos e outros problemas. Por isso, na hora de escolher sua luminária e o posicionamento das mesas, considere se o tampo da sua mesa irá ou não refletir a luz. Se você tiver uma mesa de vidro ou de espelho, opte por luminárias que emitam a luz para cima e com uma altura mínima de 90 cm.
  • Quantidade de lâmpadas: para conseguir uma iluminação adequada é fundamental que você analise o tamanho do espaço que será iluminado e assim pense quantas lâmpadas (e de qual potência) terá de contar. Não se esqueça que os cantos da mesa também precisam ter uma boa iluminação, por isso, em alguns casos, pode ser interessante contar com mais de uma luminária, de modo a distribuir igualmente a intensidade de luz por todo o ambiente.

Os principais tipos de luminárias para a sala de jantar

Dependendo do seu gosto pessoal, do seu estilo decorativo e também das necessidades de iluminação do ambiente, é possível usar alguns tipos de luminárias na sala de jantar, sendo eles:

Spots

luminárias para a sala de jantar 04

Não são muito indicados para a iluminação geral da sala de jantar, mas ajudam a iluminar um ponto específico, como um móvel, um quadro, uma escultura ou um ponto que mereça mais detalhe no seu décor. O mais indicado é o uso de lâmpadas dicroicas. Ficam bem sob aparadores, bufês e outros detalhes do ambiente.

Embutidas

A vantagem principal desse tipo de luminária é que elas não deixam o ambiente sobrecarregado, já que são embutidas no teto de gesso. Elas podem ser ou não fechadas, assim como também existem modelos direcionáveis e não direcionáveis.

Os modelos fechados são mais usados para as lâmpadas halógenas, enquanto as não fechadas são indicadas para lâmpadas fluorescentes compactas ou para as lâmpadas incandescentes.

Antes de escolher por esse modelo, contudo, é preciso se certificar de que o ambiente possua forro no teto para poder embuti-los. Ele é muito indicado para ambientes com o pé direito baixo – assim poupa-se o inconveniente de lustres muito próximos da cabeça.

Plafon

É aquele tipo de luminária que ocupa o centro de um ambiente e é instalado bem rente ao teto. Pode produzir um efeito de luz direta ou de luz indireta – quando a mesa é irradiada para o teto e depois é refletida para o ambiente.

Esse último tipo é o que cria menos sombra e por isso é mais indicado para quartos e salas de estar. Já no plafon com luz difusa (ou luz direta) o vidro não é capaz de impedir que a luz alcance o ambiente, o que proporciona uma iluminação direta e é mais indicada para a sala de jantar.

O plafon é muito recomendado para as salas de jantar que possuem um pé direito baixo, já que ele fica bem rente ao teto. Além do plafon tradicional, também existe o plafon pendente – que conta com o mesmo sistema de fixação no teto-, mas possui pendentes que trazem mais charme à luminária, com detalhes de vidro ou de cristais, que fazem com que ele se assemelhe aos lustres. Para esse modelo, o indicado é que a sua sala de jantar tenha um pé direito razoavelmente baixo (cerca de 2,50m).

Lustre

luminárias para a sala de jantar 07

É composto por várias ramificações – com diversas lâmpadas- que ficam suspensas no teto. O lustre pode servir para realizar a iluminação principal do ambiente ou apenas para compor a decoração.

Existem muitas opções de lustres, como peças mais antigas feitas de metal pesado e de cristais importados e valiosos, até peças mais simples que ajudam na iluminação e na decoração da sua sala de jantar.

O mais usado atualmente é o modelo de lustre que mistura o clássico com o moderno, ocupando espaço de destaque como luminária central da mesa de jantar. Apenas fique atento em relação à medida, já que a altura mínima entre o tampo da mesa e a base inferior do lustre deve ser de 90 centímetros.

Pendente

luminárias para a sala de jantar 10

Charmosos e com um design diferenciado, os pendentes têm ganhado destaque nas decorações das salas de jantar. Eles são peças que ficam penduradas e presas por cabos e são muito usados sobre a mesa de jantar, bancadas e aparadores – dando um toque decorativo especial ao espaço, podendo se misturar facilmente a outros tipos de luminárias.

Porém, é importante que a sua sala de jantar tenha um pé direito alto, para que a peça fique bonita – e também confortável na hora de se utilizar o espaço.

Luminárias para a sala de jantar integrada à cozinha

luminárias para a sala de jantar 02

Em casas e apartamentos modernos é cada vez mais comum o uso de ambientes integrados, como a sala de jantar e a cozinha. Nesse caso, o ideal é investir em uma mesma linguagem visual, com luminárias e cores da mesma temperatura.

Assim, se você optar, por exemplo, por uma luminária redonda para a mesa de jantar, use luminárias embutidas – e igualmente redondas- para a cozinha. Outra dica é escolher uma lâmpada com luz neutra na cozinha (4000K), o que irá diminuir o impacto visual da troca de ambiente.

Enquanto isso, na sala de jantar opte por luzes amareladas, com temperaturas entre 2700 a 3000K, que são bem mais aconchegantes. Assim, escolhendo lâmpadas com temperaturas semelhantes para a cozinha e a sala de jantar, você estará unificando a iluminação de ambos os espaços.

Uma dica extra em relação à escolha das luminárias para a sala de jantar é sempre considerar o tamanho da mesa de jantar. Se ela tiver 6 ou mais lugares, o ideal é usar duas luminárias ou ainda uma peça só mas que tenha um número maior de lâmpadas – assim você garantirá que todos os pontos da mesa receberão a iluminação adequada.

Já na hora de escolher as luminárias pendentes é importante que a peça seja proporcional ao tamanho da sua mesa e também a sala de jantar como um todo. Pois, se você escolher uma luminária muito pequena ela irá perder o seu impacto decorativo, já se for muito grande poderá se tornar invasiva. Assim, o ideal é que a lâmpada seja 1/3 do tamanho do ambiente.

Veja algumas inspirações:

luminárias para a sala de jantar 09 luminárias para a sala de jantar 08 luminárias para a sala de jantar 06 luminárias para a sala de jantar 05

E, então, com todas essas dicas ficou mais fácil escolher as luminárias para a sala de jantar? Deixe-nos um comentário.

 

 

você pode gostar

2 Comments

Dalesco 13 de novembro de 2017 at 11:55

Adorei as dicas! Eu amo lustres, pendentes e afins, são ótimas ferramentas para deixar o ambiente e a decoração ainda mais charmosa.

Reply
Lilian 12 de dezembro de 2017 at 11:48

Amei as dicas, esclareceu bastante. Agora só me resta tentar reproduzir em casa rs. Gratidão!

Reply

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.