}); Cômoda antiga: aprenda a usar esse móvel coringa
Decoração da CasaDicas de DecoraçãoMóveis para sua Casa

Cômoda antiga: aprenda a usar esse móvel coringa

posted by Adriele Amaral 2 Comments
comoda antiga

Veja todos os truques e dicas para usar a cômoda antiga em vários ambientes. Muitas fotos para você se inspirar.

A cômoda antiga é um móvel coringa em qualquer decoração, pois ela combina com vários estilos, conversa com a maioria dos móveis e pode estar presente em ambientes como a sala de estar, o hall de entrada, a sala de jantar e, é claro, nos quartos.

Se você gosta de decoração já deve ter notado que o uso de peças antigas está na moda. É o que chamamos de decoração vintage ou retro. E uma das queridinhas desse estilo é a cômoda antiga, com inspirações de várias décadas, desde os anos 20 até os 70 – além dos móveis clássicos que estão sempre em evidência.

Originalmente usada para guardar peças de roupas, a cômoda já se tornou indispensável na hora de organizar itens de cozinha, pequenos objetos e até mesmo apenas para decorar. Mas, antes de começarmos a lhe dar dicas e ideias para usar a cômoda antiga na sua decoração, que tal descobrir um pouco mais da história desse móvel tão conhecido?

Como surgiu a cômoda antiga?

comoda antiga 2

A primeira cômoda que se tem notícia da origem é a bombê, que apareceu a França, no final do século XVII, com um estilo clássico e requintado – como os móveis dessa época. Essa é a fase do “estilo regência”, conhecido como um período de transição entre o barroco e o rococó.

Por isso mesmo, os móveis ainda eram muito suntuosos, mas já anunciavam algumas características do rococó, como linhas mais suaves e até mesmo simples. Essa também é a época em que a nobreza enfrenta na França tempos de mudança, deixando Versailles e se acomodando em Paris, com castelos menores e interiores menos suntuosos.

Com isso, surge a necessidade da criação de móveis capazes de guardar as peças da nobreza, mas que não ocupassem tanto espaço e coubessem nos palácios menores – como as cômodas, que podiam fazer a vez do guarda roupa ou ainda servir como mais um ponto para guardar os pertences.

Assim como os demais móveis desse período, a cômoda bombê é conhecida por ter as pernas em cabriolet, entalhes decorativos com motivos florais e vegetais e serem feitas em madeiras exóticas (pau rosa, violeta e amaranto) ou em bronze.

É claro que de lá pra cá a cômoda já se modificou bastante. Embora ainda possamos encontrar cômodas bombê, elas não são mais produzidas com os mesmos materiais e ornamentos dessa época. Além disso, a principal mudança está no uso do móvel, que deixou de ficar confinado aos quartos para ganhar luz própria em outros ambientes.

Cômoda antiga: quais tipos são mais usados?

comoda antiga 1

O uso de móveis antigos está muito democrático na decoração atualmente. Você poderá optar por móveis realmente antigos – mas que passaram por uma reforma-, fazendo uma decoração vintage, ou por comprar móveis novos mas que foram inspirados em décadas anteriores- o que chamamos de decoração retro.

Ambas opções estão em alta na decoração e você poderá usar cômodas clássicas ou de várias épocas. As mais usadas são:

  • Clássicas:
  1. Estilo Luis XV: cômoda com dois puxadores, pode aparecer em vários estilos como a secretária, a bombê, a serpentine, entre outros.
  2. Estilo Luis XVI: é composta por uma gaveta profunda na parte de cima e outras duas na parte debaixo – com a mesma profundidade, porém mais estreitas. Os pés aparecem no estilo à grega.
  3. Estilo Queen Ane (século XVIII, Inglaterra): sua característica principal é a mudança no tamanho das gavetas, que passam a ser reduzidas conforme chega-se ao topo do móvel.
  4. Estilo Vitoriano: cômoda alta com espelho
  • Anos 20: esse é o período da art déco, com o uso de linhas circulares ou retas – mas de maneira mais estilizada- e peças com grande riqueza de detalhes.

  • Anos 50: a principal característica é o uso do pé palito e das gavetas sem puxadores. Um ícone desse período é a cômoda/ gaveteiro George Nelson.

  • Anos 70: assim como os móveis dos anos 50, essa cômoda também possui os famosos pés palitos, porém elas podem aparecer com mais cores e puxadores diferenciados.

Cômoda antiga: qual tipo escolher?

comoda antiga 6

Agora que você já está familiarizado com os vários estilos de cômodas vintage, é preciso começar a escolher quais farão parte dos seus ambientes.

Para decidir é importante levar em consideração alguns pontos, como o local onde a cômoda antiga ficará (quartos, corredores, sala de estar, etc.), qual o design e época que mais lhe agradam e também que melhor se adaptam a decoração do ambiente, quais as cores ideais e como devem ser as gavetas (quais tipos de materiais irá guardar na cômoda? Como devem ser os puxadores? As gavetas precisam ser mais fundas ou mais estreitas?).

De posse dessas respostas, você poderá buscar por móveis que atendam às suas necessidades. Além dessas dicas, você também poderá estar buscando por um modelo mais específico, que são as cômodas com espelhos, que podem fazer as vezes das penteadeiras. Em geral, elas são usadas nos quartos e são móveis mais estreitos que as cômodas tradicionais.

Cômoda antiga no quarto

comoda antiga 8

Os quartos ainda são os locais mais tradicionais de receberem uma bela cômoda antiga. Nesse caso, o número de gavetas costuma ser maior, bem como o tamanho e a profundidade das mesmas, sendo ideal para guardar as roupas sem amassar ou danificar as peças.

As cômodas podem substituir o guarda roupa ou auxiliarem em caso de móveis pequenos, que não comportam todas as peças. Elas também são muito usadas em quartos de bebê, principalmente para substituir os grandes armários. Por vezes, as mães usam a parte de cima da cômoda para acomodar um trocador.

Para que a sua cômoda antiga fique integrada ao ambiente do seu quarto é importante que ela esteja em sintonia com o restante da decoração. O bacana é fazer um contraponto, englobando itens mais modernos no seu quarto, como a cama, o guarda roupa e as bancadas – com linhas retas e tons neutros, e deixar a cômoda antiga como destaque do ambiente.

Nos quartos, a cômoda poderá vir com pinturas diferenciadas e mais chamativas (para ambientes em tonalidades neutras), ou em madeiramento original e até mais rústico.

Outra opção é usar as cômodas menores em substituição aos criados mudos, além de servir como apoio para espelhos, dando um charme a mais ao ambiente.

Cômoda antiga na sala de estar

comoda antiga 9

Nas salas de estar, as cômodas podem servir como aparadores e mesas laterais. Nestes casos, opte por peças mais estreitas e menores, que tragam delicadeza ao ambiente.

A mesma regra dos quartos deve ser usada aqui: tente integrar a cômoda antiga ao ambiente. Para isso, use-a em contraste com uma decoração mais moderna ou rústica.

Se toda a sua sala de estar é em tons neutros, você poderá usar a cômoda antiga colorida como destaque do ambiente, trazendo mais vitalidade. Já se você dispõe de sofás coloridos ou no estilo anos 50, por exemplo, você poderá optar por uma cômoda em madeira (tanto anos 50 como clássica), que ficará mais neutra, porém ajudará a contribuir com o charme da sala.

Uma ideia muito usada hoje é dispor de um espelho com uma moldura que converse com a cômoda na parede superior ao móvel, ou ainda um quadro com estampas geométricas.

Outra maneira inusitada de dispor de uma cômoda antiga na sala de estar é usando-a como estante ou rack.

Cômoda antiga na sala de jantar

comoda antiga 10

Nesse ambiente, a cômoda antiga fará a vez dos aparadores ou bufês, também é possível transformá-la em um bar, basta adicionar uma bandeja com bebidas e copos.

Em geral, as cômodas das salas de jantar sempre receberão itens na parte superior, por isso é importante escolher móveis que tenham espaço suficiente para isso. Prefira as cômodas mais largas e não muito altas.

Lembre-se também que as cômodas poderão fazer as vezes dos bufês, recebendo as panelas e pratos extras em um jantar, por isso certifique-se de que a sua cômoda antiga tenha passado por um bom tratamento, capaz de suportar as altas temperaturas desses objetos sem se estragar.

Cômoda antiga para a cozinha

comoda antiga 5

Esse é um local que traz um pouco de estranheza a maioria das pessoas, mas, sim, é possível dispor de uma cômoda antiga na sua cozinha. Principalmente aquelas maiores, com gavetas mais profundas – ideais para guardar a louça e outros itens, como panelas, talheres, guardanapos, panos de prato, entre outros.

Outra opção é usar sua cômoda antiga como bancada de apoio para o preparo dos alimentos. Nesse caso, lembre-se de dar um bom tratamento a ela, ok?

Cômoda antiga em outros espaços

comoda antiga 3 comoda antiga 4 comoda antiga 7

Além de todos esses lugares, você ainda poderá usar a sua cômoda antiga:

  • no banheiro ou lavabo: como apoio para a cuba, ou apenas como item de decoração e organização de toalhas e outros itens

  • no corredor: dando um charme a mais e servindo como um espaço extra para guardar utensílios

  • no hall de entrada: aliado à belas cadeiras antigas e um espelho com uma moldura bacana, ou servindo como bar para recepções em casa.

Você viu como a cômoda antiga é um móvel extremamente versátil e capaz de trazer muito mais charme a qualquer ambiente? Está animado para começar a usá-la na sua decoração?

você pode gostar

2 Comments

Marcela 3 de setembro de 2018 at 23:24

Olá adorei suas dicas, gostaria muito de saber se posso colocar uma televisão em cima de uma cômoda Luís XV no quarto. Poderia me ajudar?

Reply
Andre Mengatto 4 de setembro de 2018 at 11:38

Pode colocar a TV em cima de uma Comoda Luis XV.
O melhor normlamente é fixar a TV na parede, mas se preferir pode colocar em cima da comoda que também fica bom.

Reply

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.