Decoração da Casa

Tabela de Misturas: Cores, Tintas, Xadrez, Cimento

posted by Michele Azevedo 0 comments

Saiba tudo sobre a tabela de misturas e de que forma utilizá-las. Confira as combinações, cores, tintas e demais ideias criativas para a sua intenção!

A tabela de misturas é utilizada para saber como funcionam as colorações. E saber isso é essencial para os artistas ou, ainda, aqueles que desejam tornar o ambiente residencial um espaço único. Desde muito jovens, estamos conectados às colorações de vários modos. Os principais exercícios da pré-escola e nível fundamental têm como base a pintura para o aprendizado da matemática e do português.

Portanto, saber todas as categorias das cores pode auxiliar e muito a identificá-las e saber como misturá-las. São elas as seguintes:

  • cores primárias;
  • cores secundárias;
  • cores terciárias.

Tabela de mistura de cores

A tabela, em questão, é a respeita da composição das cores, especificamente as secundárias. Elas são denominadas desta forma, porque combinam duas colorações que são consideradas as primeiras ou primárias. Estas, por conseguinte, resultam em cores secundárias, visto que não há o pertencimento à tabela de cor primária.

As colorações primárias são aquelas que apresentam a capacidade de, ao passo que tenham a união umas às outras, gerarem outras colorações. São elas:

  • amarelo;
  • azul;
  • vermelho.

tabela de misturas

Tabela de misturas de cores

A combinação do amarelo, do azul e do vermelho formam demais colorações, que podemos chamar de secundárias. Dessa forma, aparece o formato convencional da mistura das cores. O que encontramos, em seguida é:

  • a cor azul com a cor vermelha = a cor roxa;
  • a cor azul com a cor amarela = a cor verde;
  • a cor vermelha com a cor amarela = a cor alaranjada.

Ainda, em tempo contemporâneo, outra conceituação está surgindo em relação as cores. São elas:

  • cor aditiva;
  • cor subtrativa;

Nestas cores, o verde leva a consideração de coloração primária, ao invés da cor amarela. Em situação de cor subtrativa, a formação das cores fica da seguinte forma:

  • a cor azul com a cor verde = a cor ciano;
  • a cor azul com a cor vermelha = a cor magenta;
  • a cor vermelha com a cor verde = a cor amarela.

tabela de misturas

Tabela de mistura de cores para a formação de outras

Ao fazer uso de uma das colorações denominadas secundárias junto de uma coloração primária, originamos outra categoria de cores – as terciárias. Elas são caracterizadas da seguintes forma:

  • a cor vermelha com a cor amarela = a cor alaranjada;
  • a cor verde com a cor amarela = a cor oliva;
  • a cor azul com a cor magenta = a cor violenta;
  • a cor azul com a cor ciano = a cor celeste;
  • a cor verde com a cor ciano = a cor turquesa;
  • a cor vermelha com a cor magenta = a cor rosa.

Cores secundárias

As colorações secundárias correspondem aquelas que fazem a junção de 2 colorações primárias. Elas se diferenciam, porque não podem fazer a decomposição de outras, ao oposto das secundárias que fazem a união das primárias.

Tabela de misturas de tintas

tabela de misturas

Em relação a história do mundo, vários estudiosos e cientistas fizeram a proposta de várias teorias em relação ao que pensavam que eram as colorações denominadas primárias.

História das Cores

De acordo com Thomas Young, a descrição das colorações primárias eram as seguintes:

  • verde;
  • vermelho;
  • violeta.

Depois de algum tempo, James Maxwell fez a alteração da coloração violeta pelo azul. Passado outros anos, Hermann von Helmholtz revelou as seguintes:

  • vermelho tipo púrpura;
  • verde vegetação;
  • azul ultramarinho.

As colorações primárias são somente 3 para nós, humanos. Isto porque somos tricromatas – apresentamos canais de informações das colorações. Aos seres vivos, as colorações primárias também podem se destacar em 4, isto porque podem ser tetracromatas – apresentam 4 canais de informação de colorações.

Em relação a teoria convencional, como já mencionado, as colorações primárias correspondem a:

  • azul;
  • amarelo;
  • vermelho.

Em relação a teoria moderna, a coloração primária troca o amarelo pelo verde.

Já, em relação a cor secundária, podemos dizer que seja a junção de 2 colorações da categoria primária. A teoria convencional revela que a cor primária é o azul, o amarelo e o vermelho. E, portanto, as colorações secundárias correspondem a:

  • roxo;
  • laranja;
  • verde.

De acordo com a teoria contemporânea, as cores primárias diferenciadas pelo verde, ao invés do amarelo, geram as seguintes cores secundárias:

  • amarelo;
  • magenta;
  • ciano.

Tabela de misturas de cores xadrez

tabela de misturas

A dica interessante é adquirir somente a tinta branca e utilizar os corantes, no caso da decoração da casa, por exemplo. Dessa forma, você é capaz de fazer as misturas das colorações de corantes em tintas brancas e apresentar diversos resultados diferenciados. Faça uso de pote plástico para o armazenamento da tinta e haver a possibilidade de utilizar a qualquer momento.

Uma opção que é ecológica trata-se da tinta convencional realizado à terra. A fim de conseguir fazer o que necessita, é preciso peneirar punhados de terras e fazer a mistura com a parte da cola para 2 porções da água. Assim, mexer a mistura até que fique homogênea e pastosa. Ao conseguir o ponto certo, inicie o uso.

Outro ponto é fazer a tinta a partir do giz com cores, aqueles que o professor costuma utilizar para a escrita no quadro. A fim de realizar a tinta com tal produto, você deve fazer a transformação do fiz em material granulado, acrescentando 1 colher com água e adicionar a cola até que ela consiga ficar consistente.

Tabela de misturas de cimento

A pigmentação deve ter a mistura ao pó de cimento antes de ser distribuído no local pretendido. Isto porque você deve seguir a recomendação da embalagem. Contudo, para gerar o brilho ao cimento queimado com cores, há a necessidade de fazer a aplicação da resina acrílica com solvente. Mas atente-se ao ambiente a ser aplicado, porque a resina é capaz de tornar o piso bastante escorregadio.

Tenha em mente também a aplicação de junta de dilatação, de 1 em 1m. A preferência é o modelo de metal e de plástico.

Outra questão importante é fazer a selagem do cimento queimado, visto que é poroso e pode acabar absorvendo água. Outras cuidados específicos para não haver infiltrações também são imprescindíveis.

tabela de misturas

Gostou das dicas? Compartilhe e não deixe de experimentar as cores nas suas aplicações de casa ou demais lugares pretendidos! Aproveite a beleza das misturas!

você pode gostar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.