Móveis para sua Casa

Móveis restaurados: tire todas as suas dúvidas!

posted by Adriele Amaral 0 comments

Os móveis restaurados estão em alta na decoração, trazendo mais personalidade aos ambientes. Aprenda como usá-los e veja dicas de passo a passo!

Os móveis restaurados são uma tendência na decoração atualmente e podem ser usados em qualquer ambiente, conversando com uma grande variedade de estilos decorativos.

Apesar disso, é importante considerar algumas dicas para poder criar ambientes aconchegantes, funcionais e que, claro, ajudem a transmitir a sua personalidade.

Se você é fã de mobiliário restaurado, ou quer reaproveitar algum item antigo, mas tem um pouco de dúvidas sobre como fazer isso na sua casa, continue a leitura e veja todas as informações importantes que separamos!

Como usar os móveis restaurados na minha decoração?

Quer começar a usar os móveis restaurados na sua casa, mas não sabe como? A primeira dica é sempre tentar ter parcimônia.

Esses itens são lindos e combinam com uma variedade de estilos decorativos, mas usá-los em excesso pode deixar os ambientes pesados e sufocantes – principalmente se a sua casa for pequena.

Como usar os móveis restaurados na minha decoração?

Por isso, use uma decoração mais clean para formar a base do ambiente, com tons neutros e linhas retas, e então dê um destaque ao seu décor com um ou outro móvel restaurado.

Em geral, os itens restaurados são peças mais pesadas, de madeira ou outro material nobre e que podem deixar os ambientes carregados e sem harmonia.

Por isso, antes de colocar algum móvel novo, tente pensar a decoração do espaço como um todo.

Como usar os móveis restaurados na minha decoração?

Por exemplo, se você vai usar uma cadeira de balanço antiga, que tal incluir uma iluminação especial, como um abajur ou um pendente, ajudando a destacar essa peça na sua sala?

Outra ideia é usar um móvel restaurado em uma cor contrastante com a parede ou com os demais itens da sala.

Se o seu ambiente é todo neutro e em tons mais claros, usar um aparador vermelho ou uma cadeira amarela, por exemplo, pode deixar seu espaço mais interessante e acolhedor – e ainda dar destaque ao móvel antigo.

Como usar os móveis restaurados na minha decoração?

No caso de você ter mais de um móvel restaurado no ambiente, a dica é justamente o contrário.

Tente escolher apenas dois estilos que lhe agrade mais e, então, pense em maneiras de fazer com que eles se misturem, unindo materiais, cores e acabamentos, o que evita que o ambiente fique pesado e com excesso de elementos visuais.

Independente de usar um ou vários móveis restaurados, sempre tente imaginar essas peças englobadas a sua decoração, pensando no ambiente como um todo.

Isso evitará, por exemplo, que você use muitas cores, muitos materiais e muitos acabamentos, que podem deixar seu cômodo pesado e cansativo e a sua decoração nada aconchegante.

Como usar os móveis restaurados na minha decoração?

Outra dica é pensar em dar novas utilidades aos móveis antigos. Um aparador não precisa necessariamente ficar na sala de jantar, podendo fazer às vezes de rack ou até dividindo os ambientes.

A cristaleira é outra peça super versátil, que pode servir para guardar livros, coleções e até mesmo para organizar joias, maquiagens e outros itens mais delicados.

Até uma cadeira antiga pode sair da sua “zona de conforto” e ser usada, por exemplo, como uma mesinha de apoio ou um criado mudo.

Modificar os usos normais dos móveis antigos e restaurados é uma maneira mais moderna de decorar e evita que os ambientes fiquem monótonos. Por isso, solte a sua criatividade e sempre tente deixar os ambientes da sua casa de forma que transmita a sua personalidade, sua história e seus gostos pessoais.

Veja algumas inspirações bem bacanas:

Como usar os móveis restaurados na minha decoração? Como usar os móveis restaurados na minha decoração? Como usar os móveis restaurados na minha decoração? Como usar os móveis restaurados na minha decoração? Como usar os móveis restaurados na minha decoração? Como usar os móveis restaurados na minha decoração? Como usar os móveis restaurados na minha decoração?

Posso restaurar meus móveis sozinho?

Essa é uma dúvida muito comum, já que muitas pessoas acreditam que apenas profissionais podem restaurar móveis antigos.

É claro que tudo dependerá do estado do móvel e do que você deseja fazer com ele, mas, em geral, existem muitas dicas e passo-a-passo simples que você pode usar na sua casa.

Quem já tem um pouco de habilidade, pode se aproveitar de algumas ideias simples. Veja:

Móveis restaurados com papel contact

Se você tem um móvel antigo, que não está em condições ruins, mas que você deseja dar uma “repaginada”, essa é uma ótima ideia e bem simples de fazer.

Você poderá usar papel contact que imita alguma superfície, como no caso dos móveis brancos que você deseja deixá-los com aparência de madeira, ou papel colorido e estampado.

Esse último é o mais usado para reformar móveis antigos e fica bem bacana quando usado em alguns detalhes.

Você pode aplicar o papel contact nas gavetas de uma cômoda, nas prateleiras internas de uma cristaleira e assim por diante.

Ainda é possível associar outras ideias, como dando uma nova pintura ao móvel e colando o papel contact.

Para deixar o móvel mais “descolado”, mas sem fazer grandes intervenções, você poderá colocar o papel contact dentro das gavetas, dando um charme a mais ao móvel restaurado.

Veja quantas ideias legais para você se inspirar:

Móveis restaurados com papel contact Móveis restaurados com papel contact Móveis restaurados com papel contact Móveis restaurados com papel contact Móveis restaurados com papel contact Móveis restaurados com papel contact Móveis restaurados com papel contact

Móveis restaurados com papel contact

Móveis restaurados com puxador novo

Outra forma bem simples de dar uma “cara nova” ao móvel antigo é trocando os puxadores das gavetas.

Existem várias ideias, desde puxadores mais requintados, feitos em materiais mais nobres, até opções bem criativas, reaproveitando dinossauros de brinquedo, por exemplo.

E o melhor é que essa é uma opção bem fácil e simples para modificar os móveis de casa.

Você também poderá pintar o móvel com uma cor que tenha mais proximidade com o novo puxador.

Veja algumas ideias:

Móveis restaurados com puxador novo Móveis restaurados com puxador novo Móveis restaurados com puxador novo Móveis restaurados com puxador novo Móveis restaurados com puxador novo Móveis restaurados com puxador novo

Móveis restaurados com tecido

Assim como o papel contact, a aplicação de tecido também ajuda a modificar rapidamente os móveis antigos, trazendo mais personalidade a eles.

Você poderá pensar em estampas que combinem com a cor nova da peça e também que tenha relação com o restante da sua decoração.

Para colocar em prática essa ideia, você deverá:

  • fazer uma limpeza no móvel a ser restaurado e deixá-lo pronto para receber a cola e o tecido;
  • medir cada parte do móvel que receberá a aplicação, garantindo que você tenha a quantidade certa de tecido;
  • dar preferência a um tecido encorpado e sem muito elastano. Quanto mais grosso for o tecido, melhor será o acabamento, e quanto menos ele esticar, mais fácil será o seu trabalho;
  • você precisará, além do tecido, de cola, pincel e régua (ou espátula) para ajudar a fixar o tecido;
  • antes de aplicar a cola, faça cortes no tecido pelas partes onde eles serão colados, lembrando de deixar uma sobra para o acabamento e para possíveis erros no processo;
  • espalhe a cola com um pincel em toda a superfície, em peças grandes, vá fazendo aos poucos. Cole o tecido e passe a régua para evitar bolhas de ar;
  • se for usar o processo em uma gaveta, espalhe a cola em cada parte interna e vá aplicando aos poucos, cortando as sobras;
  • depois de pronto, deixe descansar até secar totalmente;
  • não use muita cola para não encharcar o tecido e dar uma aparência feia.

Veja algumas inspirações bem bacanas:

Móveis restaurados com tecido Móveis restaurados com tecido Móveis restaurados com tecido Móveis restaurados com tecido Móveis restaurados com tecido Móveis restaurados com tecido Móveis restaurados com tecido

Móveis restaurados e pintados

Para dar uma cor nova aos móveis de madeira, é preciso seguir alguns cuidados. Veja o passo-a-passo:

  1. Retire todos os puxadores, dobradiças e outras partes removíveis.
  2. Faça uma limpeza na madeira usando uma flanela macia e uma mistura de água e álcool.
  3. Passe uma lixa nº 60 em toda a superfície de madeira, de modo a remover o verniz e a tinta residual. Lixe até que o verniz ou a tinta perca o brilho.
  4. Se o móvel já tiver sido pintado outras vezes, use um removedor de tinta em gel.
  5. Se o móvel tiver pequenas fendas, use um retocador de madeira para corrigir. Em fissuras maiores, use pasta de madeira ou massa corrida.
  6. Depois de lixar, limpe com uma flanela seca, retirando o pó e resíduos de tinta.
  7. Aplique uma camada de tinta preparatória feita com uma demão de tinta látex PVA branca.
  8. Se a pintura escolhida for clara, aplique duas demãos de tinta preparatória.
  9. Para pintar o móvel, use tinta esmalte a base de água e aplique em sentindo único, com pincel ou trincha. O ideal, contudo, é usar rolinho de espuma, que deixa o resultado mais uniforme.
  10. Espere cerca de uma hora para a tinta secar e aplique outra demão.
  11. Espere o móvel secar e remonte as peças.

Veja algumas inspirações lindas de móveis restaurados e pintados:

Móveis restaurados e pintados Móveis restaurados e pintados Móveis restaurados e pintados Móveis restaurados e pintados Móveis restaurados e pintados Móveis restaurados e pintados Móveis restaurados e pintados Móveis restaurados e pintados Móveis restaurados e pintados

Claro que essas são apenas algumas ideias de como você pode restaurar móveis antigos.

Ainda é possível trocar o estofado de sofás e poltronas, modificar o tecido por opções mais modernas, coloridas ou estampadas, trocar os pés e assim por diante.

Gostou de saber mais sobre móveis restaurados? Pensa em usá-los na sua decoração? Deixe um comentário pra gente!

você pode gostar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.